Colesterol: sintomas, tratamento e causas

Colesterol

O colesterol é um tipo de gordura presente nas células, fundamental para o bom funcionamento do organismo. No entanto, ter os níveis de colesterol total alto no sangue aumenta o risco de doenças cardiovasculares e, por isso, é importante que seus valores estejam equilibrados, o que pode ser conseguido com uma dieta pobre em gorduras e a prática regular de exercícios físicos.

É considerado um inimigo silencioso, pois na maioria dos casos, a alteração nos níveis de colesterol não provoca sintomas e os pacientes só descobrem a gravidade de seu quadro quando sofrem algum tipo de problema cardíaco ou um acidente vascular cerebral.

Apesar da obesidade ser a principal responsável pelo excesso de colesterol no sangue, as pessoas magras também podem ter taxas elevadas. Isso porque a hereditariedade se destaca como um dos fatores de risco do colesterol alto. Assim como o consumo excessivo de gorduras saturadas e o sedentarismo.

Veja, a seguir, o que significa e os níveis adequados de cada tipo de colesterol.

Colesterol HDL

O colesterol HDL é conhecido como o colesterol bom, por isso é o único que deve se manter alto na corrente sanguínea. Ele é produzido pelo organismo, sendo fundamental para o bom funcionamento do corpo, por isso ideal é tê-lo sempre acima de 40mg/dl. Para aumentar os níveis de colesterol HDL no organismo, o que se deve fazer é emagrecer, adotando uma dieta pobre em gorduras e praticando exercícios físicos com regularidade. Os valores de referência do HDL são:

Colesterol LDL

O colesterol LDL é o colesterol mau. Ele é considerado alto quando é igual ou superior a 130 mg/dL, para a maioria das pessoas, entretanto, em alguns casos, são necessários controles mais rígidos. Quando o nível de colesterol LDL está alto começa a haver deposição de gordura nas paredes dos vasos sanguíneos, formando placas de gordura que, com o tempo, podem dificultar a passagem do sangue e levar a um ataque cardíaco ou AVC, por exemplo.

Para diminuir o colesterol LDL no sangue, deve-se seguir uma dieta pobre em açúcar e em gordura e praticar alguma atividade física pelo menos 3 vezes por semana, entretanto, quando estas atitudes sozinhas não são suficientes, o médico pode recomendar o uso de medicamentos para redução dos seus níveis. Os valores de referência do LDL são de:

O risco cardiovascular baixo, intermediário alto ou muito alto são determinados pelo médico durante a consulta, após observação dos exames necessários e da avaliação clínica.

Colesterol alto

O colesterol alto é diagnosticado num exame de sangue chamado lipidograma já que ele não costuma causar sintomas. Quando se que o colesterol está alto, o que se recomenda fazer é seguir uma dieta pobre em gordura e em açúcar e praticar exercícios regularmente.

Em caso de não resposta ao tratamento inicial, o médico poderá recomendar a utilização de remédios para o colesterol, como as estatinas. Saiba mais sobre os remédios mais indicados para baixar o colesterol.

Além disso, algumas dicas do que se pode comer para baixar o colesterol alto são:

Frutas, verduras, legumes, carnes magras, como peito de frango e filé de peixe e laticínios light. Um ótimo remédio caseiro para baixar a taxa de colesterol no sangue é tomar diariamente 1 copo de suco de laranja batido com berinjela.

Fonte: https://www.tuasaude.com/colesterol/

© Nordeste Emergências Todos os direitos reservados

Siga-nos nas redes sociais: