Prevenção e combate ao mosquito Aedes Aegypti

É um mosquito doméstico que vive perto do homem. Tem hábitos diurnos e alimenta-se de sangue humano, sobretudo ao amanhecer e ao entardecer. A reprodução acontece em água limpa e parada. É o transmissor de quatro doenças: febre amarela, dengue, zica vírus e chikungunya.

A febre amarela é uma doença infecciosa grave, causada por vírus e possui dois ciclos de transmissão: silvestre e urbano.

A dengue é uma doença infecciosa aguda, de gravidade variável, causada por vírus de gênero Favivírus, cuja a transmissão ocorre pela picada do mosquito.

A zika é uma doença viral. Ela apresenta sintomas mais brandos, sendo que, 80% das pessoas infectadas não desenvolvem manifestações clínicas.

A chikungunya é uma doença viral. As fortes dores nas articulações são as principais manifestações clínica. Parte dos infectados podem desenvolver a forma crônica.

Coloque o lixo em sacos plásticos e  mantenha a lixeira fechada.

Jogue no lixo os objetos que possam acumular água.

Manter o saco de lixo bem fechado e fora do alcance de animais até o seu recolhimento.

Encha de areia até aborda os pratinhos dos vasos de plantas.

Lave pratinho da planta com escova, água e sabão. Faça isso uma vez por semana.

Vasos de plantas aquáticas devem ser lavados com escova, água e sabão pelo
menos uma vez por
semana.

Não deixe a água da chuva acumulada sobre a laje.

Remova folhas, galhos e tudo que possa impedir a água de correr pelas calhas.

Mantenha a caixa
d’água sempre
fechada com tampa
adequada.

Lave com escova e sabão os tanques utilizados para armazenar água.

Mantenha bem
tampados tonéis
e barris d’água.

Lave por dentro com
escova e sabão os
utensílios usados para
guardar água em casa.

© Nordeste Emergências Todos os direitos reservados

Siga-nos nas redes sociais: